sexta-feira, 5 de novembro de 2010

SUBCOMANDANTE MARCOS


Morrer não dói, o que dói é o esquecimento. (… Nós? A nós nos esqueceram, e à História já não bastava morrerem assim, simplesmente esquecidos e humilhados. Descobrimos então que não existíamos mais, que os Governos nos haviam esquecido nas euforias das cifras e taxas de crescimento. Um país que esquece seu passado não pode ter futuro. E então nos agarramos às armas e nos metemos nas cidades onde éramos animais. E fomos e dissemos ao poderoso: "Aqui estamos!" E gritamos ao país inteiro: "Aqui estamos!" E gritamos ao mundo inteiro: "Aqui estamos!" E veja como são as coisas: para que nos vissem, cobrimos nossos rostos; para que nos dessem um nome, negamos nosso nome; apostamos no presente para termos um futuro; e para viver… morremos.


Assistam ao vídeo. O Subcomandante Marcos fala sobre o Neoliberalismo e a Mídia.